Raças de Gatos: Van Turco

Van Turco


Descrição da raça

O gato da raça Van Turco é um gato considerado de porte médio, rústico e também bastante musculoso, principalmente os machos. A sua cabeça é em forma de cunha, e conta com orelhas que são bastante aprumadas, grandes e retas, implantadas razoavelmente próximas a um nariz longo. Seu nariz e as almofadas de suas patas são em tons de cor de rosa, e o Van Turco se diferencia do Angorá Turco por ser um exemplar mais pesado, e claro por suas marcações características.

Origem da raça

O gato da raça Van Turco é originário das regiões do lago de Van, onde existem os altos planaltos ao leste da Turquia. Acredita-se que a sua origem venha dos gatos da raça Angorá turcos que foram aos poucos se adaptando àquela região diferenciada do lago Van. É certamente uma das poucas ou quase únicas raças naturais do mundo, onde somente a natureza teria sido responsável por realizar esta bela seleção. Os gatos da raça Van Turcos, do contrário de seu primo Angorá Turco possuem marcações bastante diferenciadas tanto em sua cabeça como em sua cauda.

Esta raça teria sido descoberta pelo naturalista francês que viajava pelo país Lotin de Val em 1856, onde importou a raça para a Europa ainda no século XIX. A frança por sua vez recebeu os primeiros exemplares do felino na década de 30 apesar disto a criação não teve uma evolução. Foi somente no ano de 1955 que a fotógrafa inglesa Laura Lushington começou a realizar uma criação em série a partir de um casal que ela ganhou em uma viagem á Turquia.

Aos poucos com a finalidade de aumentar o plantel da raça, conseguiu importar mais alguns gatos, estes tiveram que permanecer meses em observação e também isolamento antes de poderem entrar no país. Foi então que começou o início das seleções e criações desta raça na Inglaterra onde o grande objetivo era certamente a tornar mais sociável. Foi só a partir do ano de 1969 que a quarta geração dos gatos foi reconhecida pela GCCF e logo depois pela FIFE, o que pode disponibilizar a raça um reconhecimento internacional.

O primeiro exemplar da raça campeão se chamava Alanya. Foi então somente a partir dos anos 80 que os Estados Unidos descobriram esta maravilhosa raça de felinos. Ele teria sido importado por Bárbara Reark da Flórida e teria sido logo reconhecida a raça pela TICA e também a CFA.

A raça apesar de toda esta história continua bastante rara no mundo inteiro. Na França, por exemplo, é possível se encontrar apenas 4 ou 5 criadores da raça Van Turco e isto se deve exclusivamente a pouca divulgação da raça e do fato de que suas ninhadas eram mínimas, de apenas dois filhotes. Também não aceitam acasalamentos com outras raças.

Comportamento da raça

O gato da raça Van Turco é um gato que costuma ser afetuoso e inteligente, qualquer tipo de comportamento diferente disto certamente é caracterizado pela falta de cuidado do seu dono. Em alguns casos no temperamento convencional dos gatos Van Turco, eles podem ser muito agressivos com outros gatos, e as fêmeas poderão até mesmo serem agressivas com os machos durante o acasalamento, podendo em algumas vezes até mesmo o dificultar.

O gato da raça Van Turco é extremamente ativo, muito mais do que os siameses. E devido a esta atividade os gatos brincam com tudo, desde um pedaço de papel, a chave do carro, uma água que ficou acumulada em algum lugar. Estas atividades fazem com que eles gastem bastante energia e precisem de uma alimentação que seja substancial para o seu tamanho. São bastante fáceis de treinar tanto para buscar como para trazer objetos.

Os felinos desta raça costumam também apresentar temperamento bastante reservado, é um gato que não gosta de ser pego no colo, e nem mesmo de abraços apertados podendo até mesmo dar uma boa mordida em quem fizer isto com ele. Ele irá demonstrar seu afeto esfregando a cabeça em sua perna.

Uma situação muito importante, é que se caso o proprietário deste gato queira passear com ele é importante os ensinar a andar de coleira desde filhotes. Por não gostarem de brincadeiras exaltadas e também abraços apertados não é uma raça indicada para conviver com crianças. E se eles se sentirem incomodados deverão revidar com unhadas. São gatos que vivem muito bem em apartamentos.

Um fator bastante interessante sobre esta raça é que o Van Turco não tem medo de água. Por ser originário da região do lago Van, ele teve que perder este medo para que pudesse assegurar a sua sobrevivência. Alimentavam-se de peixes do lago devido a ser o único alimento da região e algumas lendas dizem que eles chegavam até mesmo a nadar no lago Van.

Saúde da raça

A raça destes felinos se adaptam em ambientes mais fechados, porém sua característica natural exige locais mais abertos para que possam brincar e se divertir, desta forma estarão felizes e gastarão sua energia, por isso é importante não o deixar em ambientes pequenos ou apartamentos, já que poderá desenvolver uma profunda tristeza e ainda acabar adoecendo devido a isto.

A raça possui uma saúde de ferro, e um dos poucos problemas que são associados a este gato é a surdez em exemplares de olhos azuis, que acontece em um ouvido.

Importante

Os animais são uma vida, não são brinquedos e tampouco enfeites. Ame-os e respeite-os. Pense muito antes de adotar um pet, eles precisam de muita atenção e carinho.

Fonte: Fofuxo / FIFE: Fédération Internationale Féline
Foto: A/D - Arquivo OpenBrasil.org

Raças de Gatos - OpenBrasil.org
Página anterior Próxima página