Raças de Gatos: Sokoke

Sokoke


Descrição da raça

É um gato de tamanho médio, esbelto, musculoso e de estrutura óssea sólida, de consistência entre fina e média. A musculatura do Sokoke é bastante evidenciada nos ombros e pescoço. A cabeça parece pequena quando comparada ao seu corpo, de formato cuneiforme, quase plano no topo, o nariz é de comprimento médio e a zona de inserção dos bigodes é bastante evidente. As orelhas são médias, largas na base e com pontas ligeiramente arredondadas, inseridas um pouco afastadas uma da outra, tufos nas pontas são desejáveis, mas não são obrigatórios. Os olhos do Sokoke se apresentam grande, levemente amendoados com cor que varia do âmbar ao verde claro, são brilhantes e expressivos.

As patas anteriores são mais curtas do que as posteriores, são patas longas e como o corpo do Sokoke se apresentam esbeltas e musculosas. O comprimento da cauda da raça Sokoke fica entre média e longa, sendo grossa na base vai se afilando até a ponta. O pelo é curto e brilhante, sem ser sedoso ao toque, o sub-pelo é pouco ou ausente. Seu padrão é um malhado clássico modificado, se tornando único para a raça Sokoke. As cores reconhecidas para a pelagem da raça é o tabby marmoreado de tom castanho ou negro, usualmente numa base mais ou menos escura. A ponta de sua cauda é sempre negra.

Origem da raça

Essa raça provavelmente vivia há muito tempo nas florestas do Quênia, na região de Sokoke, que dá nome a esse gato. Na década de 1970, Jeni Slater, uma inglesa residente do Quênia adotou uma gata e suas crias, dando assim origem à raça como a conhecemos. Uma amiga de Slater foi responsável de levar a raça para a Dinamarca, após uma visita a fazenda dela no Quênia, e mais tarde acabou importando outros exemplares da raça, iniciando um programa de criação de gatos Sokoke na Europa.

Mesmo com sua aparência selvagem, que costuma lembrar felinos selvagens como a chita ou uma jaguatirica, e o fato de ser originário de uma floresta, onde passava horas em arvores e caçava pequenos animais como insetos, o DNA comprovou que o Sokoke é um gato doméstico. Atualmente essa a raça tem reconhecimento de algumas associações felinas, como a TICA e a FIFe, no entanto o gato Sokoke é considerado um felino domestico ainda raro e difícil de se encontrar.

Comportamento da raça

Esse gato é ativo, ótimo nadador e possui uma grande capacidade de subir em moveis. Com temperamento afetuoso e meigo é um bom companheiro e convive bem com outros gatos e cachorros. É independente, mas gosta de ficar perto das pessoas e outros animais, formando fortes vínculos, e de conversar por horas a fio. Não estranhe se esse gato se jogar aos seus pés pedindo carinho ou se ele ficar esperando pelas pessoas que gosta perto da janela, de onde podem observar tudo. O Sokoke se adapta bem a vida dentro de um apartamento, mas gosta de ter espaço, de forma que um jardim lhe é bem vindo.

Inteligente, o gato da raça Sokoke pode aprender truques e até mesmo aceita andar de coleira. Sendo agitado demais para ficar sentado no colo, o Sokoke é mais um gato que vai seguir o dono pela casa e sempre vai estar pronto e disposto a ajudar no que ele estiver fazendo. Seus movimentos são ágeis, mas sempre graciosos. Os filhotes Sokoke podem se distrair sozinho por horas a fio com as coisas mais simples e os adultos, mesmo aqueles mais velhos, podem ter momentos de muita atividade e brincadeiras. Em suma, essa raça é territorial, independente e atlética, parecendo sempre pronto para a ação mesmo em repouso, por outro lado o Sokoke é um gato pacifico que gosta de companhia e atenção, seja ela humana ou de outro felino.

Saúde da raça

O gato Sokoke é geralmente saudável, sem qualquer doença relacionada à sua raça.

O Sokoke é um gato de simples manutenção, exigindo apenas uma escovação semanal de seu pelo para manter sua aparência e remover pelos mortos. Sua pelagem quase não muda, mas ele gosta bastante de ser escovado, entendo o ato como um agrado.

Importante

Os animais são uma vida, não são brinquedos e tampouco enfeites. Ame-os e respeite-os. Pense muito antes de adotar um pet, eles precisam de muita atenção e carinho.

Fonte: CachorroGato
Foto: A/D - Arquivo OpenBrasil.org

Raças de Gatos - OpenBrasil.org
Página anterior Próxima página