Raças de Gatos: Skogkatt

Skogkatt


Descrição da raça

A raça Skogkatt conta com um corpo médio muito bem proporcionado. A sua cabeça é média e de forma triangular. Nela podem observar-se traços distintivos da raça como o seu nariz alongado ou a sua pelagem abundante, que cobre a sua cara e formam flancos laterais.

Quanto às proporções e traços do seu corpo pode dizer-se que é um gato robusto, embora alongado. Possui extremidades musculosas e longas, embora as dianteiras sejam menos compridas que as traseiras. Da mesma forma conta com uma boa estrutura óssea.

Os seus olhos são grandes e neles podem apresentar vários tons de cor como os verdes, os dourados ou os tons de café. A cor dos olhos não está relacionada com o tom da pelagem. As suas orelhas também são grandes e estão sempre erguidas. Estas possuem uma pelagem delgada com uma pequena pluma, o que lhe dá uma ligeira aparência de lince.

Todo o seu corpo está coberto pela sua suave e frondosa pelagem, chegando inclusive à sua longa e esponjosa cauda. Este não é muito comprido, à exceção da cauda, onde alcança o maior comprimento. Também pode apresentar um colarinho de pelo caraterístico, embora este se apresente em gatos que se encontrem em zonas de calor.

Origem da raça

A origem deste gato encontra-se nos bosques da zona fronteiriça entre a Noruega e o país vizinho, a Suécia. Algumas das teorias quanto à sua origem afirmam que este gato se deu a partir do abandono, por parte dos vikings, de alguns gatos domésticos, nesta zona.

Outras das teorias afirmam que a sua origem se deve ao cruzamento entre espécies, de forma natural, como a raça viking de gatos e também o tipo montês ou Angorá que se acredita que chegaram a esta zona desde o Irã, no seculo 16, tendo um início em Itália.

Apesar de a sua origem não estar confirmada, a sua presença está registada desde há centenas de anos, sobretudo na região de Finnskogene, e que é a que deu o seu nome ao gato porque é lá onde maior presença tem.

Comportamento da raça

A sua forma é muito aventureira e sobretudo independente. Podem ser gatos carinhosos com as suas famílias, embora sejam reservados com os estranhos. Normalmente são bons gatos de companhia, embora precisem de espaços abertos para poder realizar as suas atividades de entretenimento e jogo.

Saúde da raça

Não há registros de problemas genéticos, ou específico da raça.

Os seus cuidados são simples: uma escovagem semanal, limpeza das orelhas duas vezes por mês e dar-lhes liberdade para realizar atividade física.

Importante

Os animais são uma vida, não são brinquedos e tampouco enfeites. Ame-os e respeite-os. Pense muito antes de adotar um pet, eles precisam de muita atenção e carinho.

Fonte: Gatos Mania
Foto: A/D - Arquivo OpenBrasil.org

Raças de Gatos - OpenBrasil.org
Página anterior Próxima página