Raças de Gatos: Curl americanos (American Curl)

Curl americanos (American Curl)



Descrição da raça

Como características do American Curl, podemos contar com gatos de tamanho médio a grande, entre 5 e 8 kg no macho e entre 3,5 e 5 kg na fêmea.

Suas orelhas costumam ser grandes, largas e ainda na base e curvado para trás, com pontas bem arredondadas e tem alguns tufos de cabelo sobre ela.

A sua curvatura de orelhas nunca é previsível, mesmo que os seus pais possam ter as orelhas agradáveis e definida em graus harmônicos.

Seus olhos costumam ser de tamanho médio, em formato de noz, ligeiramente inclinados. A cor não deverá ter relação com a sua pelagem e na maioria dos casos deverá ter os olhos azuis.

Seu nariz costuma ser reto, e formará uma curva suave se juntando ao topo do crânio.

Sua cabeça deverá ser de tamanho médio, tendo a forma de uma cunha mais comprida do que larga.

Suas pernas possuem um músculo sólido, com pés que são em formato redondo, e ainda proporcionais com relação ao restante do corpo, possui uma média de vida de 15 anos.

Origem da raça

O American Curl é um gato originário dos Estados Unidos, sua história remete o ano de 1981 em Lakewood, Califórnia, a família que se chamava Ruga adotou uma gata vadia negra, de pelo semilongo e orelhas encaracoladas, o que significa o termo Curl, onde deram inicialmente o nome de Shalamith.

No final de 81 Shalamith deu a luz a quatro filhotes, dois deles que apresentavam o mesmo tipo de orelha. A partir do ano de 1983 Nancy Kiester que era criadora e amiga da família, apresentou o felino e a sua descendência em uma exposição de felinos na Califórnia, obtendo assim um grande êxito. Nesta mesma época pode empreender a criação desta nova raça.

Sua mutação responsável pela sua curvatura do pavilhão auricular, o que é causada por um gene dominante, que apenas poderá ser transmitido por um de seus progenitores. Quer ele seja de pelo curto ou mesmo pelo comprido.

Este é o formato mais procurado, e a sua raça foi reconhecida pela TICA. em 1985 e posteriormente pela C.F. A a partir de 1991. Sendo introduzida na França em 1988 com a primeira ninhada que nasceu em 1989.

O American Curl é um gato raro, principalmente fora dos Estados Unidos.

Comportamento da raça

O gato da raça American Curl conta com um temperamento bastante equilibrado, constante, malicioso, brincalhão e de fácil convivência. Praticamente não mia.

É um felino sociável, afetuoso e sensível, está muito ligado ao seu dono. Aceita todos os seus congêneres e os cães, além de gostar de crianças. É um tanto ativo, e tem necessidade de exercícios, apesar disto viver em um jardim cercado é algo ideal.

Costuma atingir uma completa maturidade por volta de dois ou três anos de idade. Sua cartilagem da orelha se recurva, endurecendo a partir do quarto dia de vida.

Apesar disto a curvatura definitiva não surge antes dos 3 a 4 meses de vida.

É um animal de fácil manutenção, basta apenas o pentear e escovar uma vez por semana. Suas orelhas deverão ser bem limpas, porém apenas com produtos que sejam adequados. Deverão tomar banho alguns dias antes caso participem de exposições.

O gene que é responsável pela curvatura das orelhas não é um portador de qualquer tipo de patologia, o que contrariamente acontece com o Scottish Fold, dois American Curl poderão acasalar tranquilamente, sem que exista qualquer tipo de risco para a sua futura ninhada.

Para que se evitem problemas de consanguinidade excessiva, devido a pequena população desta raça, é aconselhável que se realize cruzamentos com gatos que possuam uma orelha em formato normal, pois certamente os filhotes deverão nascer com este formato de orelha sem mesmo houver qualquer tipo de risco para a sua futura ninhada.

O filhote da raça American Curl costuma ser bastante brincalhão, e mantêm este temperamento até atingir de 2 a 3 anos, costuma ser um felino que obedece aos comandos e poderá ser treinado para testes de obediência ou mesmo adestramento para exibições devido a sua grande inteligência. Por responder bem aos comandos, costuma ser um grande companheiro do homem, pode conviver ainda perfeitamente em harmonia com outros animais.

Saúde da raça

Devido a sua grande piscina genética, com os gatos que não possuem pedigree, geralmente é uma raça saudável, não são reconhecidas informações sobre exemplares desta raça que possam sofrer de defeitos genéticos. Estes gatos, porém necessitam de limpezas frequentes em seus ouvidos para que se possam evitar infecções, e ainda precisa de uma manipulação bastante suave e precisa para que evite danos.

Importante

Os animais são uma vida, não são brinquedos e tampouco enfeites. Ame-os e respeite-os. Pense muito antes de adotar um pet, eles precisam de muita atenção e carinho.

Fonte: Fofuxo / TICA: The International Cat Association
Foto: A/D - Arquivo OpenBrasil.org

Raças de Gatos - OpenBrasil.org
Página anterior Próxima página